O que é Wheeling?


Por trás de uma postura aparentemente inabalável, o homem guarda uma fraqueza, sua paixão, nem sempre assumida, pela velocidade. Mais estimulante do que qualquer droga, a sensação de viver em movimento, é um vício. A paixão pela velocidade exerce um incrível poder renovador, o espírito de criança insiste em pilotar a vida mesmo dos homens mais maduros. O Wheeling (como é chamado no Brasil), Freestyle (na Europa) e Stutin (em outros lugares) é uma modalidade de motociclismo essencialmente urbana. O vício de seus praticantes está na louca combinação de borracha e asfalto. Cheiro de gasolina, ronco dos motores e sabor de adrenalina. Todos os sentidos são excitados no Universo do Wheeling. Por incrível que pareça essa é uma atividade original do Brasil.

. . Wheeling baseia-se em um esporte praticado com motos, é um esporte não muito convencional, pois ainda não é regularizado, portanto não existem locais apropriados para o esporte, não tendo apoio de prefeituras e órgãos competentes para devido local para treino o wheeling vira alvo de preconceitos sendo praticado nas ruas indevidamente, mas ao contrario, com lugar de treino adequado torna-se um esporte admirável, agradando a quem pratica e a quem olha, é a relação de equilíbrio e do domínio do homem sobre a maquina. É um esporte muito radical onde a conseqüência de um ato ou comando mal executado pode acarretar em um serio acidente, desafiando o perigo com muita ousadia, correndo riscos de danos físicos irreparáveis.

. . As Motos: São muitas as diferenças entre as motocicletas utilizadas no nosso dia a dia, e as máquinas preparadas para o Wheeling. O motor pode ser de qualquer cilindrada mas lembrando que quanto mais forte mais periculosidade nas manobras, o arranque tem que ser muito poderoso para ataques curtos e empinadas. Os freios são muito exigidos durante a realização das manobras, sua posição é que vai definir o sucesso e a segurança dos movimentos. Os pneus tem bordas mais arredondadas para criar uma área de aderência com o piso. As relações são modificadas, para garantir uma alta performance em marchas de força ou velocidade.

 

Algumas Manobras

 

  • Borrachão: Consistem em manter o atrito da roda traseira (em alto giro) e o chão.
  • Enceradeira: Manobra em que o piloto durante o zerinho, arrasta uma de suas mãos no chão.
  • Grau: Diversas manobras onde a moto é empinada com a roda traseira no chão.
  • Joelinho: A moto é erguida com o apoio do joelho, geralmente o pilto consegue fazer curvas nesta manobra.
  • No hands: Empinar e controlar a moto sem as mãos.
  • No front: Manobra onde o equipamento nao possui a parte da frente (rodas e bengalas).
  • One hand: Empinar e controlar a moto com apenas uma das mãos.
  • RL: Também conhecido como bob's, existem diversas modalidades de RL, trata-se de empinar a moto, mas com a roda dianteira no chão e usando o freio dianteiro.
  • Raspão: Grau onde o piloto em velocidade, empina raspando a churrasqueira no chão, gerando faíscas.
  • Superman: Nessa manobra a moto fica apoiada na churrasqueira (raspão) e o piloto estica o corpo e arrasta os pes no chão com a moto em movimento.
  • Surf: Manobras em que o piloto sobe no banco e dirige sem as mãos.
  • Zerinho: Consiste em manter o grau com a moto em círculo.

 

Equipamentos de segurança

 

  • Capacete: Geralmente são usado modelos de trilha (off-road).
  • Caneleira: Geralmente composta com uma espécie de joelheira, impede os constante impactos da moto com as pernas dos pilotos.
  • Calçados (Botas): Usada para diminuição de impactos com o chão e com a moto.
  • Luva: Usadas geralmente para evitar calosidade devido o contato constante com a moto.